São Caetano do Sul,

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Seleção Feminina: Atacante Rafaela

Foto: Assessoria CBF

Rafaela é atacante convicta, mas sabe da concorrência em sua posição dentro da Seleção Brasileira Feminina Sub-20. Durante as cinco etapas de treinamento em Pinheiral, desde a conquista invicta do Sul-Americano do Uruguai, Rafa treinou também como meia.
- No início eu fiquei um pouco perdida, mas eu quero jogar, independentemente da posição, seja no ataque ou no meio, vou dar o melhor quando entrar em campo.
Ser polivalente, ou seja, poder atuar em posições diferentes é uma qualidade importante, principalmente em uma competição em que só podem ser convocadas 21 jogadoras, sendo três goleiras.
Rafa começou a jogar futebol criança em sua cidade natal, São José da Barra, em Minas Gerais. Em 2011, aos 15 anos, a jogadora fez um teste no clube Ferroviária de Araraquara; a ideia era que ela ficasse 15 dias treinando, mas a saudade dos pais não deixou e a menina voltou para casa.
Os pais, Sirlei e Marcos, foram os verdadeiros responsáveis pela volta da menina ao Ferroviária.
- Eles sabiam o quanto eu sonhava em jogar em um time profissional e foram os maiores incentivadores. 
No Ferroviária, Rafa foi campeã da Copa do Brasil em março deste ano.
Agora, na Seleção Brasileira, a jogadora aguarda ansiosamente a estreia do Brasil no Mundial do Canadá.
- Temos que estar concentradas para todos os jogos. Não viemos passear no Canadá, viemos ser campeãs mundiais e vamos dar o nosso melhor para alcançar este objetivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário